Proposta

A proposta pedagógica da Acanto objetiva a fundamentação da existência de cada educando, sobre pilares que fortalecerão sua identidade com o mundo, desenvolvendo sua autonomia e proporcionando-lhe acesso a valores importantes para uma vida social equilibrada e feliz.

Nossa instituição tem como base a proposta freiriana, onde trabalhamos voltados para a realidade e interesses dos alunos e uma proposta piagetiana, que valoriza o que a criança traz consigo desde o nascimento. Contudo entrelaçamos diversas correntes teóricas (como a de Frenet, Vygotsky e Gardner, que trata da teoria das inteligências múltiplas), adaptando-as as nossas realidades, com cuidado de estar sempre buscando pontos de convergência entre os diversos pensamentos, a fim de enriquecer o processo de construção da aprendizagem.

A aprendizagem se dá em um ambiente estimulante em que à cooperação, a indagação e a emoção sejam férteis. Um espaço no qual a qualidade das relações humanas e o exercício da escolha e da decisão favoreçam a construção gradativa de um sistema de valores morais em nossos alunos.

Procuramos vincular o aprendizado escolar aos interesses e a preocupação dos alunos, aos problemas emergentes na sociedade em que vivemos, às questões culturais da infância, à realidade fora da escola, fazendo, assim, com que os alunos tenham uma participação ativa no processo de transformações.quadrinhos para o site (quadro3 b)

Nossa Filosofia

Temos uma filosofia voltada para a realidade e a necessidade de nossas crianças e uma proposta que valoriza o que o aluno já traz consigo, o que chamamos de "bagagem cultural" desde o seu nascimento.

Acreditamos que é na relação com o meio que a criança se desenvolve, construindo e reconstruindo o mundo que a cerca.

Nossas turmas são reduzidas, pois, acreditamos que um trabalho de qualidade acontece quando o mediador do conhecimento pode interagir de forma direta com a criança.

 IMG_8575

" A criança, como todo ser humano, é um sujeito social e histórico... Possuem uma natureza que os caracterizam como seres que sentem e pensam o mundo de um jeito muito próprio. "Referencial Curricular Nacional